A sua audiência conversa com sua marca? É super importante usar as redes sociais não apenas para informar, mas para estabelecer um relacionamento com seus clientes. Por isso hoje vou te dar algumas dicas de como aumentar essa interação.

Antes, vale lembrar que nem todos os públicos têm um forte desejo de conversar com as marcas. Algumas pesquisas mostram que a maioria dos consumidores que são impactados por um conteúdo e realizam uma compra, não executam alguma ação de curtir, comentar, compartilhar ou salvar o post que impactou. Isso já dá um respiro para quem acha que o envolvimento com as publicações está diretamente ligado aos resultados em vendas, não é mesmo?

Embora o engajamento não seja a única métrica de sucesso, ele é importante tanto para avaliar o interesse e a curiosidade do público, quanto para o algoritmo em si, que leva em consideração a preferência dos usuários, ou seja, quanto maior a interação em um perfil, mais relevante ele é e mais alcance terá.

Como cita Philip Kotler no excelente livro Marketing 4.0, do Tradicional ao Digital, a etapa da arguição, que é aquela onde o consumidor expressa sua curiosidade e interesse por meio de perguntas e busca informações para se convencer sobre determinado produto ou serviço, é muito importante para a jornada de compra. Por isso, seu conteúdo precisa ser percebido e despertar esse interesse no consumidor.

Um exemplo de publicações que geram muito engajamento são aquelas relacionadas a polêmicas. Concordando ou discordando, esse tipo de conteúdo faz com que as pessoas sejam impactadas e queiram se manifestar. É claro que para as marcas, postar algo polêmico dificilmente será pertinente ao negócio, mas há três elementos-chave que podemos aprender com esse tipo de post:

  1. Efeito parada

Mesmo com um turbilhão de informações nas redes sociais, sempre tem um conteúdo que chama a nossa atenção e faz com que a gente não só passe o olho, mas realmente pare para assistir ao vídeo ou ler a legenda. Sua marca tem esse efeito sobre o público?

Quando os conteúdos meramente informativos, como a comunicação de um horário especial de atendimento, as pessoas tendem a ignorar ou absorver a informação em poucos segundos e seguir adiante. Mas se você, mesmo informando, trouxer algum tipo de impacto visual à publicação, talvez desperte a identificação com o consumidor.

  1. Conexão

Se o conteúdo está comunicando um diferencial, ele precisa também gerar identificação. Isso nem sempre tem a ver com a quantidade de caracteres, duração ou cenário do vídeo, mas com a sensação que ver a publicação e sentir que foi feita para você.

Tenho certeza que você acompanha algum perfil que te dá vontade de assistir ao vídeo inteiro, de visitar o feed ou de ler o textão até o fim (isso quando ainda não continua nos comentários!). Esse diferencial existe quando sua marca tem completa clareza dos problemas da audiência e apresenta, na linguagem que ela prefere, uma parte ou a solução completa para eles.

Outro fator relevante para gerar identificação é a humanização do conteúdo. Pessoas conversam com pessoas, por isso se você conseguir atrelar sempre o produto ou serviço a uma imagem humanizada e ao contexto em que o consumidor se apresenta, isso com certeza gerará mais interesse, e consequentemente maior engajamento.

  1. Relevância

Ainda sobre conexão e efeito parada, sua audiência estará mais propensa a comentar, curtir ou até mesmo salvar um post se ele realmente curar alguma dor. Como disse, é preciso se colocar no lugar do seu consumidor e entender de que informações ele precisa, o que desperta seu interesse e ainda qual o formato mais o agrada.

Mexer no formato das postagens, especialmente investindo em conteúdos de vídeos, que tendem a ter  mais alcance e engajamento, pode ser um grande desafio para as marcas, mas potencializa muito o alcance e a interação, tanto de perguntas quanto de pessoas agradecendo e pedindo mais conteúdos sobre determinado assunto.

Uma dica bônus para quem quer investir em vídeos é testar o formato de lives, conforme já citamos aqui. Esse tipo de conteúdo notifica sua audiência, o que contribui para o “efeito parada”, além de ser bem visto pelo algoritmo.

Para fechar, vale a dica de analisar o que as marcas que têm muita interação estão fazendo, e pensar em formas de se inspirar para sua linha editorial. O nome dessa atividade é benchmarking, e temos um vídeo inteirinho com passo a passo de como fazer.

Espero que com essas informações você consiga despertar o “efeito parada”, gerar identificação e ter muito engajamento com conteúdos relevantes.

Escrever comentário sobre Como Aumentar o Engajamento no Instagram