COMO ESCOLHER UM CURSO DE MARKETING

Recebo com frequência a dúvida sobre qual a melhor forma de aprender sobre marketing digital. 30:

Graduação

Ao optar por ingressar em uma faculdade, a primeira coisa que você precisa refletir é se está disposto a passar alguns anos estudando a fundo sobre determinada área.

Um segundo ponto importante é saber que ter uma graduação específica não costuma ser pré-requisito no marketing digital. Muitas pessoas com formação em outras áreas relacionadas a negócios, mercado, administração e até estatísticas, têm uma bagagem que pode contribuir muito para esse segmento.

A exceção ocorre em áreas muito específicas, como webdesign, design gráfico e experiência do usuário, onde o conhecimento construído ao longo de uma graduação pode trazer um diferencial no mercado de trabalho. Mas isso também não é regra. Existem excelentes designers que são autodidatas ou cursaram, mas não chegaram a concluir a faculdade.

A graduação também pode ser um caminho caso você esteja fazendo uma transição de carreira de uma área que realmente não tenha afinidade com o digital, mas vale sempre ter em mente a questão do tempo, já que não se trata de um curso rápido.

Pós-graduação

O formato de pós-graduação, embora tenha uma certa periodicidade e duração, é um pouco mais rápido que uma faculdade e pode ser uma alternativa caso você já seja graduado, mesmo que em uma área não relacionada ao marketing. Essa flexibilidade é positiva, porque ajuda tanto quem está mudando de carreira quanto quem deseja se especializar na profissão atual.

A pós proporciona um aprendizado mais estratégico, permite que tenha uma rede de contatos e um diferencial para o seu currículo, especialmente se almeja atuar em uma grande empresa. Mas é importante ressaltar que esse formato não é tão mão na massa, e que mesmo quem visa cargos gerenciais precisa recorrer a cursos específicos para entender a parte técnica.

Vale o parêntese também de que cargos de gestão não são de fácil empregabilidade. É muito mais comum que alguém inicie a carreira de uma forma mais operacional, e como tempo vá adquirindo conhecimento estratégico, experiência e espaço na empresa para alcançar um cargo gerencial.

Cursos livres

Se você precisa de um ponta pé inicial ou sabe exatamente o que precisa aprender, a partir de alguma necessidade do dia a dia ou oportunidade de trabalho, vale super a pena investir em cursos rápidos, que costumam ter focos específicos, conteúdo prático e investimento mais em conta em relação às opções anteriores.

Para saber se o curso é bom, busque por feedbacks de quem já fez, pesquise o currículo dos professores e veja se o conteúdo programático entrega o que realmente você está buscando neste momento.

Outra dica é optar por cursos que também permitam uma rede de contatos, dessa forma você conhece outros profissionais e pode fazer parcerias, conhecer o mercado, tirar dúvidas e compartilhar o dia a dia. Isso se torna mais fácil quando o curso é presencial, mas nada impede de buscar algo à distância que tenha uma forma de se comunicar com outros alunos.

EAD ou presencial?

Cursos presenciais, conforme falei anteriormente, têm a possibilidade de networking como grande diferencial. Ainda assim, muitas pessoas escolhem o formato EAD por ser mais em conta e permitir flexibilidade de tempo para estudar, economia de tempo de descolamento, entre outras vantagens.

O ensino à distância ainda causa certo receio em algumas pessoas, mas até mesmo grandes profissionais de marketing digital hoje oferecem conteúdo online de qualidade. Se você tem acesso a feedbacks positivos, conhece o currículo dos professores e o conteúdo ministrado está alinhado com suas expectativas, se matricular em um EAD pode ser uma boa opção.

Para quem busca aproveitar o momento de aprendizado para conhecer pessoas e fazer negócios, as plataformas de EAD até disponibilizam grupos de WhatsApp ou fóruns para conversar, mas falo por experiência, nada substitui o contato pessoalmente.

Em meu curso presencial sempre tem clientes que encontram fornecedores, empreendedores que fazem parcerias, e no final todo mundo sai da sala com algum contato engatilhado para novas oportunidades. Esse relacionamento é muito rico e pode construir grandes diferenciais em sua vida profissional.

Outra vantagem das opções presenciais é ter um tempo para começar e terminar, e oferecer mais foco do que o ensino à distância. Mas leve em conta seu estilo pessoal. Se tem disciplina para estudar sozinho, o EAD pode ser uma boa; se você se dispersa facilmente, vale mais a pena estar em uma turma presencial.

Espero que essas dicas te ajudem a escolher o melhor caminho para aprender sobre marketing digital, fica minha dica de ouro, seja qual for sua decisão: aprendizado quem constrói é a gente, o professor só ajuda a gerar a inquietação e entusiasmo necessários para transformar informação em conhecimento. E esse aprendizado precisa ser constante, seja por cursos, por meio de perfis com conteúdos relevantes ou consumindo livros, podcasts e canais de Youtube.

Motive-se a aprender todo dia, porque o digital é feito na prática!

Escrever comentário sobre COMO ESCOLHER O MELHOR CURSO DE MARKETING | Faculdade, Pós e EAD