É normal ter preguiça de preencher os dados de sua experiência profissional no Linkedin! Isso acontece porque enxergamos essa rede como um grande currículo online.

Nesse post, apresento a vocês uma abordagem diferente: O Linkedin pode ser uma ferramenta que apresenta sua imagem pessoal e profissional e transmite uma mensagem, que pode e deve ser humanizada. Que tal fazer isso em 3 passos rápidos? Vem comigo e se joga!

Se preferir, confira o vídeo no final do post, diretamente do meu canal no Youtube. 

Estratégia

O Linkedin é uma rede social. Redes sociais são ferramentas para relacionamento. Usando um termo técnico, em inglês, lá se faz networking – ou rede de contatos.

Não utilize a estratégia do desespero: sair adicionando todo mundo, pedindo indicações, postando mil coisas, o que geralmente acontece quando se está buscando uma nova colocação no mercado. Use o Linkedin para manter contato com outros profissionais, acompanhar informações e participar de grupos, de forma constante e consistente.

O Linkedin é uma ferramenta para transmitir uma mensagem, a SUA mensagem, profissional e pessoal. Afinal, como pessoas também temos marcas – marcas pessoais.

Foto

Pesquisas mostram que perfis com fotos atualizadas recebem 21 vezes mais visitas. Por isso, não deixe sua foto em branco.

Utilize uma imagem recente, na qual você aparece sozinho, sem recortes. Aquela foto “da balada” não é mais indicada.

O ideal é estar de frente, o que aumenta o vínculo com quem está de olhando. Estar sorrindo, transmite abertura a ideias.

Mas e as fotos de braços cruzados, de lado, tão comuns em cargos de alta gerência? Elas não transmitem tanta empatia ou carisma, mas são muito utilizadas por líderes e é por isso que vamos mais uma vez reforçar: SEJA VOCÊ MESMO. Pense em como quer ser percebido, no seu cargo, pesquise outros colegas, se inspire. Faça uma boa foto, invista seu tempo nessa produção. Nem artificial, nem desleixado. VOCÊ, em sua melhor versão!

Resumo

O resumo é uma excelente oportunidade de usar uma técnica chamada “Storytelling”, termo em inglês que significa contar histórias. Muito mais interessante do que descrever cargos, é contar a sua história. Como foi e tem sido a sua jornada profissional? Seres humanos adoram histórias porque são envolventes, mexem com as nossas emoções.

Um parágrafo resolve!

Aqui, mais uma vez, seja você mesmo. Existem pessoas que escrevem muito, outras pouco, algumas fazem listas, outras falam de causas que apoiam e daquilo que as motivam. Não existe regra. Mas um fato é que o resumo é muito lido, as vezes mais do que os descritivos dos seus cargos anteriores – esses são mais utilizados por filtros automatizados das pesquisas de recrutadores.

Adendo: não estou dizendo para não preencher esses dados, apenas reforçando que você pode começar pelo resumo e quando estiver feliz por ter feito isso, sem tanta “preguiça” de Linkedin, ir para os próximos passos :D

Recomendações

Não estamos falando daquelas automáticas, que basta dar um clique. E sim daquela recomendação genuína, na qual você fala de alguém, lá vem mais termo em inglês – dá feedback.

Como faz para ganhar recomendação? Recomende alguém! O próprio Linkedin fica te lembrando de também falar sobre a pessoa que te recomendou, é a reciprocidade.

Dica de Etiqueta: antes de pedir recomendação, uma funcionalidade que existe na rede social, recomende a pessoa.

Não tem coragem de recomendar ninguém? É para isso que servem os amigos! Combine a troca de recomendações com colegas que trabalham com você, é um excelente começo. Não adianta mentir, isso não combina com marcas pessoais sólidas ;)

Dica Bônus: Título

É uma espécie de “slogan” que o Linkedin destaca em todos os lugares em que você vai aparecer. É a forma como você se apresenta. Tenha cuidado com esse item e invista seu tempo pensando nele.

Não coloque “em busca de recolocação” como título, você perde a chance de deixar claro para quem está te conhecendo o que faz, como pode agregar, que benefício pode gerar. 

Tantas outras coisas para falar sobre Linkedin! Mas ficam para próximos vídeos e posts. Até a próxima!

Escrever comentário sobre PREGUIÇA DE LINKEDIN? | Como Melhorar Seu Perfil Em 3 Passos (+Dica Bônus)