Como fazer uma live | E disfarçar qualquer nervosismo

Eventos ao vivo costumam ser excelentes oportunidades para mostrar sua expertise, mas os momentos que antecedem ou os minutos iniciais da live costumam gerar tensão, já que diferente de uma gravação, no ao vivo o […]

Eventos ao vivo costumam ser excelentes oportunidades para mostrar sua expertise, mas os momentos que antecedem ou os minutos iniciais da live costumam gerar tensão, já que diferente de uma gravação, no ao vivo o perfeccionismo não pode dominar porque tudo acontece em tempo real.

 

Quando fiz a minha primeira live, minha voz nem saiu e isso acabou me deixando ainda mais nervosa. Depois de algum tempo, ao assistir esse material, acabei percebendo que não tinha nervosismo nenhum. Muitas vezes o nervosismo é percebido apenas por você mesmo, enquanto as demais pessoas, têm uma percepção completamente diferente da situação. Respire fundo, segure o nervosismo, que em breve passará e você vai poder se jogar nesse formato tão importante! 

 

As dicas a seguir serão focadas em expressão corporal para te ajudar a transmitir a melhor imagem em lives. 

 

  1.  Olhe para a câmera 

 

Olhando para a câmera e não para si mesmo, tudo muda, a mensagem fica muito mais forte. É comum acompanharmos os comentários durante um evento ao vivo, até mesmo para o nervosismo ir embora, mas é importante saber equilibrar o tempo para cada coisa. Quando esse tempo fica desbalanceado e você fica sem olhar para a câmera, com ou sem convidados, o contato visual com as pessoas se perde. Isso vale para as reuniões online da mesma forma: mantenha-se em contato com quem você fala, e isso irá ajudar muito na sua expressão. 

 

  1.  Não demore para fazer sua abertura 

 

Ao apertar o botão e iniciar a live, é importantíssimo começar a falar de imediato. Isso porque é super comum ficarmos esperando as pessoas ou até mesmo o convidado entrar na live, quando na verdade, esse período é o qual você tem para chamar a atenção para a prévia da sua live. Ao terminar a live, você irá publicá-la no IGTV já que é um conteúdo rico, extenso, e com conhecimento.  

 

Ao se deparar com uma abertura desse tipo, sem energia e sem foco, a pessoa não escolherá seu vídeo após publicado. A experiência não será a mesma, comparada com quem estava ao vivo. É muito comum isso prejudicar enquanto o evento acontece, pois a energia transmitida desde o início, é o que manterá as pessoas na sua live até o final. 

 

  1. Energia 

 

A energia, como dito anteriormente, é o que mantém as pessoas entretidas com seu conteúdo, além do interesse nele em si. Esse detalhe muda o rumo do evento, ainda mais quando se trata de audiovisual. Um tom de voz animado muda o jeito com que o conteúdo é transmitido e como o público o recebe. Não é necessário exagerar, mas o alto astral fará diferença.  

 

Cabem algumas dicas ao falarmos sobre a energia durante a live. O contato visual, falado anteriormente, é uma delas.  

 

  • Evitar gestos que tirem muito a atenção de quem está assistindo ao seu conteúdo. Mexer no cabelo, ou tocar em seu rosto, por exemplo, são gestos onde o foco da mensagem que você quer passar pode se perder.  

 

  • Procure sorrir, mostre que está com disposição para apresentar esse conteúdo. Além disso, utilize suas mãos, especialmente as palmas, isso mostra, diferente de alguém com os braços fechados e encolhidos, que você está bem com o conteúdo, que não tem nada a temer. 

 

  1. Respiração 

 

Antes de entrar ao vivo, faça um minuto de respiração, se prepare para o evento, pois a respiração é uma grande aliada contra a ansiedade e outras emoções, que são normais. Respire fundo, relaxe os ombros. “Você não deve nada a ninguém”, faça a si mesmo essa afirmação. 

 

  1. Evite o excesso de movimento 

 

Como dito, os movimentos são importantes, como os feitos com nossas mãos, mas os movimentos em excesso podem passar o sentimento de hesitação, de dúvida. Permaneça com uma postura natural, se solte, respire e se mexa na medida. 

 

  1. Olhar vago 

 

Isso é comum quando estamos falando sobre um assunto, mas ao mesmo tempo, estamos pensando em vários outros assuntos, como um comentário que alguém que está assistindo fez durante a live, isso faz com que nossa mensagem perca a força. Não transmitimos a energia que queremos. Foque no aqui e no agora, trabalhe um tema de cada vez. 

 

  1. Treine 

 

Treinar é essencial, apesar de ser uma dica que você provavelmente já ouviu. Sabemos que é um desafio se expor em um vídeo ou live e que é necessário coragem para fazer isso. O que torna meu vídeo de hoje melhor que o anterior é o treino, e o mesmo acontece com o próximo, que será melhor que o de hoje. 

 

Algo que pode ajudar é fazer uma live “faz de conta”, apenas para você, como se fosse a live de fato. Assista ela depois para ver quando a dicção falha e quando sua linguagem corporal não passa a energia ideal. Ler em voz alta também é um ótimo exercício para ajudar na sua dicção.  

 

  1. Não tente agradar os outros 

 

É comum quando nos expomos que as pessoas comecem a nos dar palpites, mesmo que nunca tenham gravado um vídeo sequer. Portanto, lembre-se, estar ao vivo é um desafio, mas vale muito a pena. 

 

Por fim, foque nos benefícios de fazer esse tipo de conteúdo e lembre-se que é impossível agradar a todos. O Importante é transmitir quem você é, a naturalidade você irá alcançar seguindo essas dicas!

Escrever comentário sobre Como fazer uma live | E disfarçar qualquer nervosismo