Apesar de serem redes de diferentes contextos, o Youtube e o Instagram possuem similaridades, como por exemplo, a ansiedade dos donos de canais e perfis, pelo tão aguardado ‘’resultado’’. Temos uma tendência de pensar que resultado é igual a número de seguidores e às vezes não pensamos sobre a qualidade desses seguidores. Inclusive, uma das grandes tendências para o próximo ano segue sendo o investimento em ações com os nano influenciadores, que são pessoas com um número menor de seguidores mas possuem mais autoridade e relevância para determinado nicho.

Por outro lado, seria hipocrisia de minha parte se eu dissesse que o número de seguidores ou inscritos no seu canal não tem importância alguma. Acima de tudo, é preciso compreender essa ansiedade e urgência de crescer em audiência, pois dessa forma, saberemos como aceitar o processo.

Para crescer nessas redes, você precisará trabalhar de forma consistente de 1 a 2 anos. Mas não se preocupe! Essa é apenas uma média referente a perfis que crescem de forma qualitativa e orgânica, que não usam robôs e nem compram seguidores.

Para isso, você precisa observar 3 elementos muito importantes:

Estratégias de Conteúdo

Essas estratégias devem ser coerentes com os nossos objetivos.

Testes e Ajustes

Isso envolve acertar e também errar, mas sempre ajustar.

Consistência

Para que o seu negócio dê certo, você precisa fazê-lo todo dia e fazer bem. Um canal no Youtube precisa de pelo menos um conteúdo semanal que seja rico e diferenciado. No caso de Youtubers que crescem de forma rápida, são canais que publicam conteúdo diariamente ou 3 vezes por semana. Já no Instagram, o conteúdo é diário.

É comum desanimar depois de um período de empolgação e você verá seus números diminuírem. Por isso é tão importante manter sempre a consistência. Tanto o Youtube quanto o Instagram possuem um algoritmo, que é um conjunto de regras que determina a entrega do conteúdo de forma orgânica. O algoritmo tende a não priorizar a entrega de perfis que começam a postar diariamente e depois perdem a constância. Isso será decisivo na hora de entregar o seu conteúdo às pessoas. Quando começar com força total, vale a pena pensar na melhor forma de como seguir com essa constância, indo ‘’devagar’’, mas sempre.

Como funciona o crescimento em cada rede?

Para entendermos o contexto dessas duas redes, vou me utilizar como exemplo: o meu canal no Youtube cresce de forma mais acelerada do que o meu perfil no Instagram e isso acontece graças às doses generosas de informação que forneço, pois lá, eu ensino as pessoas e esclareço dúvidas. O Youtube funciona também como um grande buscador e quando alguém possui alguma dúvida específica e utiliza o campo de busca do site, acaba encontrando o meu conteúdo e consequentemente a resposta de suas dúvidas.

Já no Instagram o contexto é totalmente diferente e as pessoas acabam chegando ao meu perfil de formas externas, podendo ser pelo explorar ou até mesmo por uma menção feita por alguém, no intuito de recomendação.

Enquanto no Youtube eu estou crescendo em torno de 2,700 novos inscritos por mês, no Instagram eu cresço em torno de 1,700 novos seguidores. Isso se deve pelo diferente contexto dessas duas redes sociais. É importante usá-las de forma que uma complemente a outra.

Uma dica muito especial: se você não é capaz de amar os seus 100 seguidores, você não será capaz de amar os seus 100 mil. Não adianta de nada você se lamentar e ficar triste, achando que nada vai dar certo porque você não tem 100 mil inscritos ou seguidores. Foque principalmente em quem já te segue, pois são essas pessoas que vão te ajudar a chegar aos 100 mil.

Espero que essas dicas sejam úteis e se você gostou e quer saber mais sobre estratégias de como acelerar esse processo de forma qualificada, me acompanhe nas redes sociais.

Escrever comentário sobre Quanto tempo para dar certo no Instagram e Youtube?